quarta-feira, 11 de março de 2015

2015 COMEÇA EM MARÇO!



ECLIPSE SOLAR EM PEIXES 20 DE MARÇO 2015


Março chegou!
É no mês de Março que comemoramos o equinócio*, aparentemente o Sol cruza a linha do equador para o norte e, por isso, no hemisfério norte começa a Primavera e, no hemisfério sul, começa o Outono.
No dia 21, o Sol inicia uma nova volta no zodíaco e temos o início do ano novo astrológico o Sol entra em Áries.
2015 pede mais iniciativa, novas atitudes, as mudanças precisam acontecer agora, nada de deixar para depois.
Neste mês, há muita movimentação em Áries, signo conhecido pela sua imprudência e agressividade, as relações poderão se tornar mais imediatistas.Mercúrio em Peixes marca um mês onde as pessoas estarão mais sensíveis, Vênus em Áries indica amor a primeira vista (é a fila que anda, paqueras que enrolam demais não terão vez), Vênus em Touro, mostra que é preciso conquistar devagar, com calma, dia após dia. Júpiter e Saturno em movimento retrógrado não indicam facilidades, é momento de reflexão, cuidado com assuntos estrangeiros. Netuno e Plutão indicam que os valores precisam passar por uma reformulação, é momento de rever valores e conceitos, nada de se tornar resistente com as mudanças.
*Equinócio: A palavra equinócio vem do latim, aequus (igual) e nox (noite), e significa "noites iguais", ocasiões em que o dia e a noite duram o mesmo tempo. Ao medir a duração do dia, considera-se que o nascer do Sol (alvorada ou dilúculo) é o instante em que metade do círculo solar está acima do horizonte, e o pôr do Sol (crepúsculo ou ocaso) o instante em que o círculo solar está metade abaixo do horizonte. Com esta definição, o dia e a noite durante os equinócios têm igualmente 12 horas de duração.

segunda-feira, 29 de julho de 2013

TABELA DA LUA FORA DE CURSO DE AGOSTO

O signo onde a Lua está revela aquilo que mais nos afeta ou magoa, e também o que mais nos deixa felizes e satisfeitos.

A experiência constata os efeitos da Lua Fora de Curso. Decisões tomadas durante estes períodos não se desenvolvem da maneira esperada ou não são concretizadas, por este motivo é conveniente evitá-las, durante estes períodos de tempo.
Compras efetuadas durante os períodos em que a Lua está Fora de Curso podem não apresentar-se como um bom investimento, no caso de equipamentos elétricos ou mecânicos, defeitos podem surgir logo após a aquisição.

A Lua Fora de Curso também não favorece eventos públicos e cirurgias, que podem não ocorrer da forma esperada. Nestes casos é conveniente acrescentar uma margem de segurança, 3 horas antes da Lua sair de curso até 3 horas após a Lua entrar em curso.

domingo, 30 de dezembro de 2012

ANO NOVO ASTROLÓGICO

ANO NOVO ASTROLÓGICO

Para a astrologia o ano só começa em Março, no solstício de Verão.  O Ano Novo Astrológico tem início com a entrada do Sol a 0º de Áries, o primeiro dos doze signos do zodíaco. No Brasil, ocorrerá no dia 20 de março de 2013, às 13h40.

O signo de Áries  rege os inícios, simboliza aquela coragem necessária para começar, dar o pontapé inicial  no que se quer fazer. Áries é o signo da disposição. É um signo de elemento fogo e seu planeta regente é o guerreiro Marte.

"Para ti,  dou a primeira semente, para que tenhas a honra de plantá-la. Para cada semente que plantares, mais outro milhão de sementes se multiplicará em suas mãos. Não terás tempo de ver a semente crescer, pois tudo o que plantares criará cada vez mais e mais para ser plantado. Tu serás o primeiro a penetrar o solo da mente humana levando Minha Ideia. Mas não cabe a ti alimentar e cuidar desta ideia, nem questioná-la. Tua vida é ação, e a única ação que te atribuo é a de dar o passo inicial para tornar os homens conscientes da Criação. Por este trabalho, Eu te concedo a virtude do Respeito por Si Mesmo."

Anualmente, cada um de nós tem seu ano pessoal, que vai de um aniversário a outro. Isto acontece porque a cada ano vivemos uma energia do nosso mapa Natal. Tem anos que as energias são para resolver empregos, outros o amor, outros a saúde e assim aprendemos a usar as 12 casas e a nós conhecer melhor também. Esse estudo se chama Revolução Solar, o retorno do Sol para o mesmo ponto do seu nascimento.

É um estudo que vale a pena fazer, dizem que não temos um manual, um mapa, temos sim, o mapa astral é a carta que Deus escreveu a cada um para nos ajudar em nossa missão na terra!

Josylene Sousa
jdb.sousa@gmail.com

domingo, 23 de dezembro de 2012

ANO 2013

Eventos AstronÔmicos

 A maioria dos eventos astronômicos envolvendo o Sistema Sol-Terra-Lua não poderão ser apreciados no Observatório Dietrich Schiel do CDA. Alguns eclipses envolvendo a Lua terá para São Carlos - SP uma visibilidade muito restrita durante sua evolução e um eclipse solar total terá visibilidade parcial para o território nacional. De qualquer forma, listamos abaixo os principais eventos astronômicos para este ano, visíveis ou não no território nacional, para quem porventura viajar para o exterior ou conhecer alguém que esteja nas localidades indicadas para os fenômenos. São eles:
1. Eclipse lunar parcial do dia 25 de Abril de 2013
2. Eclipse Solar Anular de 10 de Maio de 2013
3. Eclipse Lunar Penumbral de 25 de Maio de 2013
4. Eclipse Lunar Penumbral de 18 de Outubro de 2013
5. Eclipse Solar Total Híbrido 03 de Novembro de 2013
O que é Lua Fora de Curso?
A LUA FORA DE CURSO é o intervalo que vai da hora em que a Lua faz o seu último aspecto (trígono, sextil, quadratura, conjunção) com um planeta antes de deixar um signo e entrar no proximo signo. Este é um período em que a Lua não está em um signo ou outro, está no "caminho". É um período ideal para relaxar, não fazer nada que seja definitivo. Com a LUA FORA DE CURSO tomar decisões, iniciar algo, fazer compras, cirurgias, etc ficam sem sentido. Se você faz uma coisa na LFC e não dá certo, experimente fazer novamente com a Lua no signo.

domingo, 4 de novembro de 2012

MERCURIO RETRÓGRADO - NOVEMBRO 2012

06/11/2012  a  26/11/2012

PLANETA RETRÓGRADO é quando um planeta, olhando da terra, parece estar se movendo para trás através do zodíaco. Na verdade este é um movimento ilusório planetário criado pela rotação orbital da Terra com relação a outros planetas do sistema solar, o planeta não anda para trás!
Mercúrio, o planeta da comunicação, dos negócios, dos contratos e das trocas , fica retrógrado pelo menos 3 vezes no ano durante aproximadamente 20 dias. Quando Mercúrio segue retrógrado acontecem alguns aborrecimentos no nosso dia a dia - já que ele rege Virgem, signo das rotinas diárias. Eu aconselho a evitar tomar decisões neste período. Tudo pode ficar um pouco mais lento nessa fase. Começa um período de reflexão sobre a nossa vida, quem somos, o que realmente queremos e onde temos que ser menos impulsivos e mais reflexivos.

Se você se preocupa com esta fase, uma coisa legal é que MERCURIO RETRÓGRADO não prejudica os retornos, os reparos e as reavaliações. Você poderá aproveitar melhor este período para repensar e esclarecer uma opinião, consertar algo que está com problemas desde antes destas fase, refazer uma cirurgia, refazer um acordo ou dar continuidade a contratos que já existiam.

Nesta fase procure ter mais atenção com suas comunicações (com o que fala e com o que ouve), não dar margem as discussões, prestar atenção se o que você disse foi o que você falou, não pressionar decisões e principalmente, ter paciência, saber esperar, controlar a ansiedade.

Outras dicas são:
  • Nada de fazer cópias de segurança de aparelhos e menos ainda formatar HD sem necessidade,
  • Confira datas para não cometer enganos,
  • Os contratos iniciados nesta fase tem chance de se desfazerem sem mais nem menos,
  • Não se aborrecer com mudanças em planos de viagens.
 Podem dar problemas:
  • Computadores, faxes, celulares, i-pod, telefones, máquina de lavar, micro-ondas, enfim qualquer máquina tecnológica,
  • Complicações no trânsito,
  • Atrasos em reuniões,
  • Viagens e compromissos desmarcados,
  • Desentendimentos que causam grande discussão, mas os motivos vão pequenos,
  • Greves, normalmente transporte ou comunicações.
  • Comunicações de qualquer tipo chegando pela metade, recados, e-mail, MSN, etc,
  • Mudanças de idéias.

LUA FORA DE CURSO NOVEMBRO E DEZEMBRO



sábado, 2 de abril de 2011

NINGUÉM MERECE UM CÉU DESSES!

MERCÚRIO RETRÓGRADO QUE EU FAÇO?

Mercúrio vai entrar em retrógradação:

de 30 de março de 2011 08:48 PM em Áries signo regido por Marte planeta da Assertividade
até 23 de abril de 2011 10:04 Mercurio Direto

de 3 de agosto de 2011 03:50 em Virgem signo regido por Mercúrio planeta da Comunicação e Síntese 
até 26 de agosto de 2011 10:03 PM Mercurio Direto

de 24 de novembro de 2011 07:19  em Sagitário signo regido por Júpiter planeta da Expansão
até 14 de dezembro de 2011 01:43 Mercúrio Direto

PLANETA RETRÓGRADO é quando um planeta, olhando da terra, parece estar se movendo para trás através do zodíaco. Na verdade este é um movimento ilusório planetário criado pela rotação orbital da Terra com relação a outros planetas do sistema solar, o planeta não anda para trás!
 
Mercúrio, o planeta da comunicação, dos negócios, dos contratos e das trocas , fica retrógrado pelo menos 3 vezes no ano durante aproximadamente 20 dias. Quando Mercúrio segue retrógrado acontecem alguns aborrecimentos no nosso dia a dia - já que ele rege Virgem, signo das rotinas diárias. Eu aconselho a evitar tomar decisões neste período. Tudo pode ficar um pouco mais lento nessa fase. Começa um período de reflexão sobre a nossa vida, quem somos, o que realmente queremos e onde temos que ser menos impulsivos e mais reflexivos.

Se você se preocupa com esta fase, uma coisa legal é que MERCURIO RETRÓGRADO não prejudica os retornos, os reparos e as reavaliações. Você poderá aproveitar melhor este período para repensar e esclarecer uma opinião, consertar algo que está com problemas desde antes destas fase, refazer uma cirurgia, refazer um acordo ou dar continuidade a contratos que já existiam.

Nesta fase procure ter mais atenção com suas comunicações (com o que fala e com o que ouve), não dar margem as discussões, prestar atenção se o que você disse foi o que você falou, não pressionar decisões e principalmente, ter paciência, saber esperar, controlar a ansiedade.

Outras dicas são:
  • Nada de fazer cópias de segurança de aparelhos e menos ainda formatar HD sem necessidade,
  • Confira datas para não cometer enganos,
  • Os contratos iniciados nesta fase tem chance de se desfazerem sem mais nem menos,
  • Não se aborrecer com mudanças em planos de viagens.
 Podem dar problemas:
  • Computadores, faxes, celulares, i-pod, telefones, máquina de lavar, micro-ondas, enfim qualquer máquina tecnológica,
  • Complicações no trânsito,
  • Atrasos em reuniões,
  • Viagens e compromissos desmarcados,
  • Desentendimentos que causam grande discussão, mas os motivos vão pequenos,
  • Greves, normalmente transporte ou comunicações.
  • Comunicações de qualquer tipo chegando pela metade, recados, e-mail, MSN, etc,
  • Mudanças de idéias.

 

TABELAS DA LUA FORA DE CURSO



sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

NÃO EXISTE 13o. SIGNO


Astrônomos de Minnesota afirmam que, decorrente da atração gravitacional Lua-Terra, houve um realinhamento estelar, fazendo surgir um 13º signo. Essa é a notícia que circula na internet e, vale salientar, não é a primeira vez. A notícia gerou discussões, polêmicas e descontentamento entre as pessoas que sabem quais as características dos seus signos solares, e não se viam retratadas nas descrições de um signo diferente.
Há uma confusão entre constelações e signos. No céu real nós temos estrelas, que formam constelações. Em um céu estrelado, ainda visível a olho nu em algumas cidades distantes de centros poluídos, é possível ver diversas constelações, de tamanhos variados. Temos, além das constelações que deram nome aos signos do zodíaco, outras tantas, ultrapassando o total de doze, e são objeto de estudo da Astronomia.
No início existia apenas a Astrologia. Houve uma cisão e surgiu a Astronomia. A Astrologia continuou estudando as configurações celestes e sua relação com as situações vividas pelos seres humanos. A Astronomia passou a estudar o espaço celeste, seus corpos e relações físicas entre eles. Podemos dizer, bem primariamente, que a Astronomia estuda fenômenos físicos e a Astrologia conceitos simbólicos.
Enquanto a Astronomia estuda os corpos celestes em sua posição no universo, a Astrologia traça uma faixa circular virtual no céu, chamada faixa zodiacal, seguindo o caminho aparente que o Sol percorre pelas constelações. Como surgiu o zodíaco e os doze signos? Um observador, na Terra, olhou para o céu e verificou que o Sol, ao longo do ano, passava por algumas constelações que ele associava com figuras. Um aglomerado de estrelas (constelação) se parecia com um touro, então chamou-a de Touro; outra se parecia com um leão e nomeou-a Leão. O observador desenhou esse caminho do Sol como uma faixa, e a constelação tocada pelo Sol, naquela data, forneceu o nome para o signo. Tal faixa foi dividida em doze partes iguais, de 30 graus cada, e a cada uma delas se deu o nome da constelação por onde o Sol, naqueles primórdios, passava. Já existia a constelação de Ophiucus, mas o Sol não passava por ela nessa época. Eis porque a Astrologia não a considerou na composição dos signos. Temos aqui a grande diferença entre constelação e signo, pois a primeira tem tamanho variável e o segundo um tamanho pré-determinado. A segunda grande diferença é que as constelações são mais que doze, e os signos apenas doze. A Astrologia foi delineada segundo esse caminhar dos astros celestes. Por sua vez, os planetas, o Sol e a Lua estavam associados a arquétipos mitológicos e, assim, da observação do caminhar dos astros e seus significados simbólicos os conceitos astrológicos foram formados. Era assim, funcionava assim e continua funcionando até hoje.
Há a Astrologia Védica, sideral, e para ela existem também doze signos, porém leva em consideração a precessão dos equinócios e, portanto, os luminares (Sol e Lua) e os planetas estão posicionados, em sua maioria, em um signo anterior quando comparando essa astrologia com a mais conhecida. Exemplo: quase todos os nativos do signo de Áries são, na Astrologia Védica, nativos de Peixes, e assim ocorre com todos os demais signos.
Uma vez que a Astrologia trabalha com símbolos, é importante esclarecer que naquele dia em que você fraturou o dedo não foi porque Saturno, de mau humor, resolveu descarregar a raiva dele em você ocasionando a quebra. Provavelmente a posição de Saturno, nessa faixa zodiacal virtual, espelhava um aspecto tenso entre ele e o ponto de seu Ascendente, em seu Mapa Natal, por exemplo. Então nem Saturno, nem qualquer outro planeta, estrela ou satélite é capaz de influenciar a vida das pessoas. O astrólogo, que entende a linguagem simbólica planetária-zodiacal, é capaz de prever, por similaridade, a ocorrência de eventos pessoais e particulares.
Retornando ao Serpentário, ou Ophiucus, a realidade é que essa constelação foi pinçada da constelação de Escorpião. Sua representação é a de um homem segurando uma enorme serpente pelo meio, ficando a cabeça em seu lado esquerdo e a cauda no direito. Está associada com a Medicina e seu símbolo – as duas serpentes enroladas no caduceu. A notícia não é recente e cheira a comida requentada. Como a Astrologia não trabalha com constelações, então em nada altera, pois não existe a criação de um 13º signo.
Astrólogos que não entendem de Astronomia fazem tanta confusão e falam tantas bobagens quanto astrônomos que não entendem de Astrologia. Definitivamente, signos zodiacais são apenas doze, enquanto constelações são muitas!

Elizabeth Nakatawww.elizabethnakata.webs.com
elizabethnakata@astrobrasil.com.br
(11) 9181-1388

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

A Polêmica do 13º Signo

Para alguns astrólogos, a polêmica a respeito da existência de um 13° signo não faz sentido, haja vista que não são as constelações lá no céu que influenciam os seres aqui na Terra e sim energias cósmicas que tomam como referência os signos tradicionais. Há também opiniões que procuram justificar que tanto a cobra (Ofiúco) como o escorpião são animais que trocam de pele, indicando uma personalidade sujeita a grandes flutuações, e que, neste caso, Ofiúco vem a ter o mesmo significado astrológico de Escorpião. Portanto, apesar de termos 13 constelações zodiacais, com a inclusão de Ofiúco, a divisão do zodíaco em doze signos, para efeito da astrologia, segue a antiga tradição e não precisa levar em consideração as mudanças estabelecidas pela UAI, o que muitos astrônomos consideram uma imperfeição. E como a divisão do zodíaco em signos não apresenta nenhum interesse prático maior para a astronomia, o surgimento de Ofiúco como região zodiacal em nada deverá abalar as crenças e os estudos astrológicos, pois os astrólogos sabem que suas concepções não partem das constelações e sim dos signos, que são meras convenções.


Paulo Araújo Duarte. Professor de Astronomia do Departamento de Geociências da Universidade Federal de Santa Catarina.   -  pduarte45@hotmail.com

 
Nos últimos tempos, temos visto alguma polêmica e alguns mal-entendidos no que diz respeito aos signos do zodíaco e às constelações que o mesmo contém. Na verdade, não devemos fazer confusão entre signo e constelação zodiacal. Os signos, em número de doze, correspondem cada um à divisão de 30 graus do círculo zodiacal ( 360 /12 = 30), os quais recebem o nome da constelação mais significativa daquela região do céu conforme os povos antigos que criaram tal concepção de organização estelar, e que a Astrologia adotou e ajudou a popularizar. As constelações sempre tiveram, desde a época das civilizações mais antigas, a importante função de dar uma organização ao céu, facilitando sua leitura e ajudando na identificação dos astros. Sempre representaram uma verdadeira cartografia do céu. Acontece, contudo, que até o início deste século, a delimitação das constelações não respeitava um critério padrão, existindo cartas celestes com limites irregulares, além de arbitrários e ainda com algumas linhas curvas. Havia também mapas e globos celestes com configurações artisticamente elaboradas, sem a precisão do rigor científico, como ainda constelações que eram identificadas por linhas arbitrárias que interligavam suas estrelas. Foi a partir de 1922, quando da criação da União Astronômica Internacional (UAI), que o conceito de constelação começou a mudar e surgiu Ofiúco (Ophiucus) como uma 13a constelação zodiacal. Durante a assembléia geral da UAI em 1925, em Cambridge, foi criado um grupo de trabalho para estudar a questão das delimitações das constelações, surgindo daí a proposta de criação de regiões na esfera celeste, tal como um país dividido em estados. Assim, a esfera celeste foi dividida em 88 regiões, também chamadas constelações, com tamanhos variados e delimitações bem definidas e retilíneas. Cada região recebeu o nome da principal constelação nela predominante e todas aquelas cortadas pela linha da eclíptica (linha que no céu, vista da Terra, representa o caminho percorrido pelo Sol durante o ano) passaram a ser consideradas zodiacais. Convém explicar que o zodíaco é um círculo ou faixa de 17 graus no céu, que abrange toda a esfera celeste e que tem no centro a linha da eclíptica. Foi desta forma, então, que o zodíaco acabou por ser premiado com 13 regiões ou constelações, que são: Áries, Touro, Gêmeos, Câncer, Leão, Virgem, Libra, Escorpião, Ofiúco, Sagitário, Capricórnio, Aquário e Peixes. Convém salientar novamente que para ser considerada zodiacal a constelação deve ser atravessada pela linha da eclíptica, ou seja, o sol deve cruzá-la ao longo do ano. Acontece que depois de passar por Libra e Escorpião, o sol cruza Ofiúco de 30 de novembro a 17 de dezembro, antes de entrar em Sagitário. Porém, esta passagem do sol por Ofiúco não é considerada pela astrologia. Do modo como foi organizado o céu pela UAI, todas as treze constelações ocupam espaços diferentes ao longo da linha da eclíptica, o que significa dizer que a divisão do zodíaco em doze signos de trinta graus cada um é puramente arbitrária e segue apenas a tradição dos povos antigos. Ofiúco é uma constelação um tanto extensa, sendo conhecida também por Serpentário. Na mitologia grega, este agrupamento de estrelas estava associado a Esculápio, deus da medicina. Segundo a lenda, Esculápio passou a dedicar-se à arte da cura após ver uma serpente ressuscitar outra com algumas ervas que trazia em sua boca. Esta é, inclusive, a origem do símbolo das ciências médicas: duas serpentes enroladas num bastão. Ainda sobre esta constelação, diz-nos o saudoso professor Amaro Seixas Netto:
"Em realidade, o Zodíaco atual tem treze constelações. Desde 1952, temos adotado esta Constelação Zodiacal em nossos estudos, criando assim o Zodíaco perfeito e exato sobre a Eclíptica. Esta descoberta decorreu duma análise profunda do curso do Sol zodiacal, e deste modo propusemos a sua notação na Faixa Zodiacal bem como criamos o seu signo, publicado na Imprensa para registro. Pode observar-se que o Sol, no Zodíaco, percorre pequena parte do Escorpião e logo entra no Ofiuco, para depois ingressar em Sagitário." SEIXAS NETTO, A. O zodíaco. São Paulo : Editora do Escritor, [19--]. p. 60.

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Lua Fora de Curso



Durante este período, você deve ter cautela, ficar na sua e evitar grandes resoluções!


LUA FORA DE CURSO



O que é Lua Fora de Curso?


A LUA FORA DE CURSO é o intervalo que vai da hora em que a Lua faz o seu último aspecto (trígono, sextil, quadratura, conjunção) com um planeta antes de deixar um signo e entrar no proximo signo. Este é um período em que a Lua não está em um signo ou outro, está no "caminho". É um período ideal para relaxar, não fazer nada que seja definitivo. Com a LUA FORA DE CURSO tomar decisões, iniciar algo, fazer compras, cirurgias, etc ficam sem sentido. Se você faz uma coisa na LFC e não dá certo, experimente fazer novamente com a Lua no signo.



Quantos anos você tem?

Você sabe quantos anos você realmente tem, ou quando vai ser o seu aniversário este ano? A data do calendário não coincide com a posição da órbita da terra já que um ano sideral tem 365,256363051 dias de fato. Sendo assim, com o passar do tempo seu real aniversário poderá não ser mais na mesma data que você celebra.
Basta preencher a data de seu nascimento e hora, se tiver, que este pequeno programa calcula sua idade com precisão, não pelo calendário, mas pelos segundos decorridos. O padrão de tempo utilizado é o do calendário Juliano, mas se você clicar no botão Set você pode escolher outros formatos como ano sideral, ano anomalístico, ano lunar, ano caláctico, e até mesmo o tempo em outros planetas.
FAÇA O TESTE, É LEGAL!

CALENDÁRIO GREGORIANO

O calendário gregoriano é o calendário utilizado na maior parte do mundo, e em todos os países ocidentais; porém, existem países que não o aplicam como a China, Israel, Irão, Índia, Bangladesh, Paquistão, Argélia, etc. Foi promulgado pelo Papa Gregório XIII a 24 de Fevereiro do ano 1582 para substituir o calendário juliano.
Gregório XIII reuniu um grupo de especialistas para reformar o calendário juliano e, passados cinco anos de estudos, foi elaborado o calendário gregoriano, que foi sendo implementado lentamente em várias nações. Oficialmente o primeiro dia deste calendário foi 15 de Outubro de 1582.
Segundo o calendário gregoriano, hoje é 14 de maio de 2010 (nota: data de sistema).
O calendário gregoriano é o que hoje em dia se usa e distingue-se do juliano porque:
Omitiram-se dez dias (de 5 a 14 de Outubro de 1582).
Corrigiu-se a medição do ano solar, estimando-se que este durava 365 dias solares, 5 horas, 49 minutos e 12 segundos, o equivalente a 365,2425 dias solares.
Acostumou-se a começar cada ano novo em 1 de Janeiro.
Nem todos os anos seculares são bissextos. Para um ano secular ser bissexto tem de ser múltiplo de 400. Deste modo, evita-se a diferença (atraso) de três dias em cada quatrocentos anos existente no calendário juliano.
A mudança para o calendário gregoriano deu-se ao longo de mais de três séculos. Primeiramente foi adoptado por Itália, Portugal, Espanha e França; e de modo sucessivo, pela maioria dos países católicos europeus. Os países onde predominava o luteranismo e o anglicanismo tardariam a adoptá-lo, caso da Alemanha (Baviera, Prússia e demais províncias) (1700) e Reino Unido (Inglaterra) (1751). A adoção deste calendário pela Suécia foi tão problemática que gerou até o dia 30 de fevereiro. A China aprova-o em 1912, a Bulgária em 1917, a Rússia em 1918, a Roménia em 1919, a Grécia em 1923 e a Turquia em 1927.[1]
//
[editar] Origens dos nomes dos meses
Janeiro: Jano, Deus romano das portas, passagens, inícios e fins.
Fevereiro: Februus, Deus etrusco da morte; Februarius (mensis), "Mês da purificação" em latim, parece ser uma palavra de origem sabina e o último mês do calendário romano anterior a 450 a. C.. Relacionado com a palavra "febre".
Março: Marte, Deus romano da guerra.
Abril: Os estudiosos modernos associam o nome a uma raiz antiga com o significado de 'outro', isto é, outro mês que não Março.
Maio: Maia Maiestas, Deusa romana.
Junho: Juno, Deusa romana, esposa do deus Júpiter.
Julho: Júlio César, ditador romano. O mês era anteriormente chamado Quintilis, o quinto mês do calendário de Rómulo.
Agosto: Augusto, primeiro imperador romano. O mês era anteriormente chamado Sextilis, o sexto mês do calendário de Rómulo.
Setembro: septem, "sete" em latim; o sétimo mês do calendário de Rómulo.
Outubro: octo, "oito" em latim; o oitavo mês do calendário de Rómulo.
Novembro: novem, "nove" em latim; o nono mês do calendário de Rómulo.
Dezembro: decem, "dez" em latim; o décimo mês do calendário de Rómulo.

quinta-feira, 22 de abril de 2010

MERCURIO RETRÓGRADO, QUANTA PACIÊNCIA!


O periodo que Mercúrio fica retrógrado é cerca de uns 20 dias 3 vezes ao ano. Em 2010 estes períodos serão:


26 de dezembro de 2009 a 15 de janeiro de 2010


18 de abril a 11 de maio de 2010


20 de agosto a 12 de setembro de 2010


10 a 30 de dezembro de 2010


Mercúrio rege nosso cotidiano, regente de Gêmeos e Virgem, pode causar problemas no que se possa fazer comunicação em geral. Para saber mais leia texto neste blog.

quinta-feira, 8 de abril de 2010

Tabela da Lua fora de curso para Abril de 2010

- Signo onde a Lua fora de curso está

- Dia e horário de início da LFC

- Dia e horário do final da LFC

Escorpião 02/04 - 09h55 - 02/04 - 13h53
Sagitário 04/04 - 17h57 - 04/04 - 22h07
Capricórnio 07/04 - 05h18 - 07/04 - 09h50
Aquário 09/04 - 18h44 - 09/04 - 22h46
Peixes 12/04 - 09h50 - 12/04 - 10h29
Áries 14/04 - 16h21 - 14/04 - 19h53
Touro 17/04 - 01h56 - 17/04 - 03h06
Gêmeos 19/04 - 07h20 - 19/04 - 08h37
Câncer 21/04 - 11h06 - 21/04 - 12h40
Leão 23/04 - 12h34 - 23/04 - 15h23
Virgem 25/04 - 15h20 - 25/04 - 17h15
Libra 27/04 - 16h45 - 27/04 - 19h28
Escorpião 29/04 - 21h40 - 29/04 - 23h36

Os horários acima correspondem ao horário de verão em Brasília, de 3 horas a menos em relação a Greenwich (Inglaterra). Para localidades localidades fora deste fuso, é necessário somar ou subtrair horas.

LUA NOS SIGNOS EM ABRIL

Lua entra em Sagitário
02/04/10
14:54
Lua entra em Capricórnio
04/04/10
08:45
Lua entra em Aquário
06/04/10
21:25
Lua entra em Peixes
08/04/10
10:24
Lua entra em Áries
10/04/10
22:31
Lua entra em Touro
12/04/10
08:56
Lua entra em Gêmeos
14/04/10
16:48
Lua entra em Caranguejo
16/04/10
21:30
Lua entra em Leão
18/04/10
23:09
Lua entra em Virgem
20/04/10
22:53
Lua entra em Libra
21/04/10
22:32

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Fenômeno chamado de Lua Azul ocorreU na véspera de Ano-Novo

Em 31 de dezembro de 2009, ocorreu um fenômeno chamado de Lua Azul. Segundo definição popular, uma Lua Azul é a segunda Lua Cheia em um mesmo mês. A frequência de acontecimento é de 1 vez a cada 2 ou 3 anos. O fenômeno será visível nos Estados Unidos, Canadá, Europa, América do Sul e África. O hemisfério oriental poderá comemorar a virada do ano com um eclipse lunar parcial. O eclipse não foi visível nas Américas.
O fenômeno é raro e não acontece todos os anos. A última vez ocorreu dia 31 de maio de 2007. Luas New Year's Eve azuis são ainda mais raras, ocorrendo a cada 19 anos. A última vez foi em 1990, o próximo será em 2028. O fato ocorre devido ao ciclo lunar de 29.5 dias, o que torna perfeitamente possível que em um mesmo mês sua fase se apresente cheia por duas vezes.
Fevereiro é o único mês impossível de se ter a Lua Azul, mesmo em anos bissextos. Inclusive é possível um ano não ter Lua Cheia no mês de fevereiro, nesses anos, acontece uma Lua Cheia no final de janeiro e a outra no início de março, ou seja, 2 Luas Azuis no mesmo ano, em janeiro e março. Isto ocorre em média a cada 35 anos. Segundo o astrônomo da Universidade da Califórnia, em Santa Cruz, Greg Laughlin, as Luas azuis não têm nenhum significado astronômico. O nome surgiu de uma interpretação errada da revista Sky & Telescope, em 1946. Naquele ano, o astrônomo James Hugh Pruett usou a expressão - até então utilizada apenas pelo "Almanaque do Fazendeiro do Maine" para designar a terceira Lua cheia de uma estação do ano - para dar o nome ao fenômeno.

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

FASES DA LUA EM 2010


As influência das fases da lua em nossas atividades do cotidiano:
Lua Nova: É o início de um novo ciclo, simboliza uma oportunidade de recomeço e crescimento. Nesta fase as idéias devem ser retomadas para serem postas em práticas nas próximas fases. Neste período temos uma tendência maior a ficarmos mais indecisos e introspectivos. Não é um bom momento de tomar decisões, mas de amadurecer as idéias.

Lua Crescente: É o período de crescimentos, ideal para vencer os obstáculos não resolvidos. Aos poucos as nossas idéias e emoções vão se tornando mais claras. Otimo momento para colocar em prática o que foi planejado. Nesta fase nos tornamos mais sociáveis.

Lua Cheia: Simboliza a plenitude, se as idéias das outras fases derem certo, trará realização e satisfação. Os nossos planejamentos atingiram o nível máximo de potencialidade. Nesta fase ficamos mais receptivos e mais ligados ao nosso inconsciente.

Lua Minguante: É o período para avaliar aquilo que foi feito. Esta fase nos desafia a crescer internamente e a querer mudar. Momento muito favorável para “insights”. Nesta fase as pessoas tendem a ficar mais sensíveis e emotivas.

sábado, 25 de julho de 2009

LUA NOS SIGNOS

AGOSTO
02/08 - 05:09
Lua em Capricórnio
04/08 - 18:08
Lua em Aquário
07/08 - 06:35
Lua em Peixes
09/08 - 17:24
Lua em Áries
12/08 - 01:51
Lua em Touro
14/08 - 07:27
Lua em Gêmeos
16/08 - 10:14
Lua em Câncer
18/08 - 10:57
Lua em Leão
20/08 - 11:01
Lua em Virgem
22/08- 12:12
Lua em Libra
24/08 - 16:17
Lua em Escorpião
27/08 - 00:16
Lua em Sagitário
29/08 - 11:44
Lua em Capricórnio

SETEMBRO
01/09 - 00:43
Lua em Aquário
03/09 - 12:59
Lua em Peixes
05/09 - 23:15
Lua em Áries
08/09 - 07:19
Lua em Touro
10/09 - 13:18
Lua em Gêmeos
12/09 - 17:20
Lua em Câncer
14/09 - 19:40
Lua em Leão
16/09 - 20:56
Lua em Virgem
18/09 - 22:26
Lua em Libra
21/09 - 01:52
Lua em Escorpião
23/09 - 08:44
Lua em Sagitário
25/09 - 19:19
Lua em Capricórnio
28/09 - 08:07
Lua em Aquário
30/09 - 20:27
Lua em Peixes

LUA FORA DE CURSO AGOSTO - SETEMBRO



Lua Fora de Curso (LFC) é um período lunar onde não é aconselhável qualquer atividade que gere muita expectativa. A Lua se move 1° a cada duas, duas horas e meia. Pense quando você sai de casa para ir ao trabalho, você está no caminho, já saiu de casa, mas não chegou ao seu trabalho; de forma simples esse é o exemplo da Lua fora de curso; ela já saiu de um signo e está “caminhando” para chegar ao outro. A influência da Lua sobre cada planeta dura apenas algumas horas, mas seus efeitos podem se sentir por grande parte do dia porque a Lua influência as emoções do ser humano.


AGOSTO
LFC início 02/08 às 02:42
LFC fim 02/08 às 05:09
LFC início 04/08 às 10:21
LFC fim 04/08 às 18:08
LFC início 06/08 às 21:20
LFC fim 07/08 às 06:35
LFC início 09/08 às 09:45
LFC fim 09/08 às 17:24
LFC início 11/08 às 17:04
LFC fim 12/08 às 01:51
LFC início 14/08 às 00:18
LFC fim 14/08 às 07:27
LFC início 16/08 às 03:20
LFC fim 16/08 às 10:14
LFC início 18/08 às 04:10
LFC fim 18/08 às 10:57
LFC início 20/08 às 07:02
LFC fim 20/08 às 11:01
LFC início 22/08 às 08:44
LFC fim 22/08 às 12:12
LFC início 24/08 às 15:10
LFC fim 24/08 às 16:17
LFC início 26/08 às 15:35
LFC fim 27/08 às 00:16
LFC início 29/08 às 02:26
LFC fim 29/08 às 11:45
LFC início 31/08 às 15:09


SETEMBRO
LFC fim 01/09 às 00:43
LFC início 03/09 às 02:20
LFC fim 03/09 às 12:59
LFC início 05/09 às 13:54
LFC fim 05/09 às 23:15
LFC início 07/09 às 21:13
LFC fim 08/09 às 07:19
LFC início 10/09 às 04:18
LFC fim 10/09 às 13:18
LFC início 12/09 às 08:31
LFC fim 12/09 às 17:20
LFC início 14/09 às 10:58
LFC fim 14/09 às 19:40
LFC início 16/09 às 13:11
LFC fim 16/09 às 20:56
LFC início 18/09 às 20:56
LFC fim 18/09 às 22:26
LFC início 20/09 às 15:43
LFC fim 21/09 às 01:52
LFC início 23/09 às 00:33
LFC fim 23/09 às 08:44
LFC início 25/09 às 11:16
LFC fim 25/09 às 19:19
LFC início 28/09 às 00:34
LFC fim 28/09 às 08:07
LFC início 30/09 às 08:35
LFC fim 30/09 às 20:27


terça-feira, 7 de julho de 2009

O REAL SENTIDO DO PODER

Em Siracusa, na hoje Sicilia, uns quatro séculos antes de Cristo reinava um sábio de nome Dionísio. Amado por todos, em conseqüência, era também invejado por muitos. Um belo dia o rei soube que um de seus amigos, Dâmocles, fazia parte da “turma dos ressentidos” (há sociedades em que o sucesso alheio é visto como ofensa pessoal...).

Dionísio chamou-o ao palácio e perguntou-lhe o porquê de suas mágoas.
- É que os deuses são injustos, Dionísio. Veja só. Você tem riquezas, lindas mulheres, milhares de servos solícitos e um poder maior do que o de qualquer mortal. Ora, existem centenas de homens talentosos em Siracusa. Porque o rei tem que ser você e não eu, por exemplo?”

Dionísio nada respondeu. Após pensar um pouco, lhe propôs ser rei por um dia, oferta que foi aceita imediatamente.

Na data combinada, Dâmocles chegou cedo ao palácio e, por instruções de Dionísio foi recebido com toda a pompa de um rei. Deslumbrado, deu várias ordens aos servos, alimentou-se das mais raras iguarias e, acompanhado pelo rei de fato, foi convidado a sentar-se no trono. A partir daí acabou toda a graça daquele dia.

Ao acomodar-se na poltrona, seus olhos se esbugalharam ao perceber que, bem acima de sua cabeça, em um ângulo que só podia ser visto por quem lá estava sentado, havia uma gigantesca e afiada espada precariamente por um fio de crina de cavalo. Balançava pendularmente, podia cair a qualquer momento.

- “Mas o que é isso Dionísio?! Perguntou apavorado.

O rei calmamente lhe explicou:
- “Os deuses do Olimpo a colocaram ai logo no dia em que fui coroado. Eles me alertaram de que o fio se romperia na primeira oportunidade em que eu não me mostrasse digno de sentar-me neste trono... E desde então esta tem sido minha sina: Se a riqueza e o poder levarem a me sentir onipotente, minha cabeça imediatamente será cortada. Se a bajulação persistente dos áulicos me convencerem de que sou tão magnífico como eles afirma, minha soberba durará pouco, pois terei meu corpo rachado ao meio. Se, arrogantemente, usar do poder para destruir meus inimigos, não estarei vivo para saborear a vingança. Para sobreviver nesse trono, haverei sempre de ser humilde, magnânimo e justo. E, pior talvez tudo isso não baste. A qualquer momento poderei ser vitima de acusações injustas, caluniado, injuriado e jamais poderei desesperar-me. Qualquer movimento em falso é suficiente para que o fio se rompa...”

- Mas Dioniso – retrucou Dâmocles, já se levantando da cadeira – ainda assim você acha que o poder vale a pena?!

- Eis ai a resposta aquela sua pergunta. Aqueles que vêem no poder, apenas a pompa, a gloria, o som dos clarins, em pouco tempo se decepcionarão. Em poucos dias tudo isso passa a ser rotina, perdendo todo o seu fascínio. E daí em diante só restam o trono e a espada. O primeiro para exercer o poder e enfrentar os seus desafios e a segunda para julgar a forma como cumpro minha missão. Só conseguem sobreviver nestas condições, os bravos, os determinados, aqueles que entendem o Poder não como uma meta por si só, mas sim, tão somente, como um instrumento útil para a concretização de seus ideais. Quem tem missões que transcendem sua própria existência, não tem tempo nem para se deliciar com o veludo dessa poltrona, nem com o fio da espada que paira acima dela.

Dâmocles saiu do palácio e nunca mais passou pela sua mente a idéia de ser rei.

Milênios se passaram e nunca mais se ouviu falar de Dionísio, Dâmocles ou Siracusa.
Mas desde então onde quer que haja um “trono”, sobre ele sempre haverá também uma espada.
Todos nós, de uma forma ou de outra, herdamos muito das ilusões, ambições e ressentimentos encravados no coração de Dâmocles.
Mas quantos de fato haverão de ter também a grandeza, a coragem e a transcendência que modelavam a alma de Dionísio?

João Mellão Neto é jornalista, em 1991 foi eleito deputado federal com 260 mil votos.

segunda-feira, 22 de junho de 2009

LUA FORA DE CURSO

Lua Fora de Curso (LFC) é um período lunar desaconselhável para novos empreendimentos e decisões importantes. Também não é favorável para apresentação de projetos, entrevistas de empregos ou inicio de relacionamentos ou negócios. Nesta fase o ideal é ficar nas atividades rotineiras.

JUNHO
lLFC 22/06 às 09:20
LFC fim 22/06 às 14:12
LFC início 24/06 às 08:25
LFC fim 24/06 às 13:51
LFC início 26/06 às 09:29
LFC fim 26/06 às 14:47
LFC início 28/06 às 12:27
LFC fim 28/06 às 18:25
LFC início 30/06 às 19:00

JULHO
LFC fim 01/07 às 01:20
LFC início 03/07 às 07:04
LFC fim 03/07 às 11:12
LFC início 05/07 às 16:18
LFC fim 05/07 às 23:08
LFC início 08/07 às 06:43
LFC fim 08/07 às 12:04
LFC início 10/07 às 23:17
LFC fim 11/07 às 00:44
LFC início 13/07 às 05:03
LFC fim 13/07 às 11:40
LFC início 15/07 às 12:07
LFC fim 15/07 às 19:30
LFC início 17/07 às 17:49
LFC fim 17/07 às 23:42
LFC início 19/07 às 19:13
LFC fim 20/07 às 00:52
LFC início 21/07 às 23:36
LFC fim 22/07 às 00:28
LFC início 23/07 às 17:29
LFC fim 24/07 às 00:24
LFC início 25/07 às 20:15
LFC fim 26/07 às 02:26
LFC início 27/07 às 23:54
LFC fim 28/07 às 07:57
LFC início 30/07 às 09:55
LFC fim 30/07 às 17:10

sábado, 28 de março de 2009

CUIDADO, VÊNUS ESTÁ RETRÓGRADO!


VÊNUS estará retrógrado até o dia 17/04 indicando que o momento pede cautela nos assuntos do amor, das grandes transações financeiras, dos negócios, preços e na decoração. Nafda de marcar noivado ou casamento. 

quinta-feira, 12 de março de 2009

LUA NOS SIGNOS

Abril
Lua em Câncer 01/04 13:31
Lua em Leão 03/04 16:33
Lua em Virgem 05/04 20:02
Lua em Libra 08/04 00:23
Lua em Escorpião 10/04 06:23
Lua em Sagitário 12/04 15:01
Lua em Capricórnio 15/04 02:28
Lua em Aquário 17/04 15:20
Lua em Peixes 20/04 02:56
Lua em Áries 22/04 11:10
Lua em Touro 24/04 15:47
Lua em Gêmeos 26/04 18:03
Lua em Câncer 28/04 19:39
Lua em Leão 30/04 21:56

Maio
Lua em Virgem 03/05 01:37
Lua em Libra 05/05 06:52
Lua em Escorpião 07/05 13:48
Lua em Sagitário 09/05 22:50
Lua em Capricórnio 12/05 10:10
Lua em Aquário 14/05 23:03
Lua em Peixes 17/05 11:18
Lua em Áries 19/05 20:31
Lua em Touro 22/05 01:41
Lua em Gêmeos 24/05 03:34
Lua em Câncer 26/05 03:58
Lua em Leão 28/05 04:45
Lua em Virgem 30/05 07:18

Junho
Lua em Libra 01/06 12:17
Lua em Escorpião 03/06 19:45
Lua em Sagitário 06/06 05:25
Lua em Capricórnio 08/06 17:01
Lua em Aquário 11/06 05:53
Lua em Peixes 13/06 18:33
Lua em Áries 16/06 04:52
Lua em Touro 18/06 11:21
Lua em Gêmeos 20/06 14:00
Lua em Câncer 22/06 14:12
Lua em Leão 24/06 13:51
Lua em Virgem 26/06 14:47
Lua em Libra 28/06 18:25

Julho
Lua em Escorpião 01/07 01:20
Lua em Sagitário 03/07 11:12
Lua em Capricórnio 05/07 23:08
Lua em Aquário 08/07 12:04
Lua em Peixes 11/07 00:44
Lua em Áries 13/07 11:40
Lua em Touro 15/07 19:30
Lua em Gêmeos 17/07 23:42
Lua em Câncer 20/07 00:52
Lua em Leão 22/07 00:28
Lua em Virgem 24/07 00:24
Lua em Libra 26/07 02:26
Lua em Escorpião 28/07 07:57
Lua em Sagitário 30/07 17:10

Agosto
Lua em Capricórnio 02/08 05:09
Lua em Aquário 04/08 18:08
Lua em Peixes 07/08 06:35
Lua em Áries 09/08 17:24
Lua em Touro 12/08 01:51
Lua em Gêmeos 14/08 07:27
Lua em Câncer 16/08 10:14
Lua em Leão 18/08 10:57
Lua em Virgem 20/08 11:01
Lua em Libra 22/08 12:12
Lua em Escorpião 24/08 16:17
Lua em Sagitário 27/08 00:16
Lua em Capricórnio 29/08 11:44

LUA FORA DE CURSO A SABER

Abril

LFC início 01/04 às 06:04
LFC fim 01/04 às 13:31
LFC início 03/04 às 06:00
LFC fim 03/04 às 16:33
LFC início 05/04 às 12:40
LFC fim 05/04 às 20:02
LFC início 07/04 às 13:53
LFC fim 08/04 às 00:23
LFC início 09/04 às 22:45
LFC fim 10/04 às 06:23
LFC início 12/04 às 14:29
LFC fim 12/04 às 15:01
LFC início 15/04 às 01:08
LFC fim 15/04 às 02:28
LFC início 17/04 às 13:43
LFC fim 17/04 às 15:20
LFC início 19/04 às 19:16
LFC fim 20/04 às 02:56
LFC início 22/04 às 10:30
LFC fim 22/04 às 11:10
LFC início 24/04 às 09:12
LFC fim 24/04 às 15:47
LFC início 26/04 às 12:43
LFC fim 26/04 às 18:03
LFC início 28/04 às 13:23
LFC fim 28/04 às 19:39
LFC início 30/04 às 13:46
LFC fim 30/04 às 21:56

Maio
LFC início 02/05 às 19:09
LFC fim 03/05 às 01:37
LFC início 04/05 às 22:31
LFC fim 05/05 às 06:52
LFC início 07/05 às 07:01
LFC fim 07/05 às 13:48
LFC início 09/05 às 15:49
LFC fim 09/05 às 22:50
LFC início 12/05 às 02:56
LFC fim 12/05 às 10:10 
LFC início 14/05 às 22:00
LFC fim 14/05 às 23:03
LFC início 17/05 às 07:41
LFC fim 17/05 às 11:18
LFC início 19/05 às 18:44
LFC fim 19/05 às 20:31
LFC início 21/05 às 19:37
LFC fim 22/05 às 01:41
LFC início 23/05 às 21:49
LFC fim 24/05 às 03:34
LFC início 25/05 às 22:18
LFC fim 26/05 às 03:58
LFC início 28/05 às 00:06
LFC fim 28/05 às 04:45 
LFC início 30/05 às 05:19
LFC fim 30/05 às 07:18

Junho
LFC início 01/06 às 05:33
LFC fim 01/06 às 12:17 
LFC início 03/06 às 15:01
LFC fim 03/06 às 19:45
LFC início 05/06 às 23:19
LFC fim 06/06 às 05:25
LFC início 08/06 às 10:52
LFC fim 08/06 às 17:01
LFC início 11/06 às 00:32
LFC fim 11/06 às 05:53
LFC início 13/06 às 18:05
LFC fim 13/06 às 18:33
LFC início 15/06 às 22:18
LFC fim 16/06 às 04:52
LFC início 18/06 às 06:35
LFC fim 18/06 às 11:21 
LFC início 20/06 às 09:02 
LFC fim 20/06 às 14:01
LFC início 22/06 às 09:20
LFC fim 22/06 às 14:12
LFC início 24/06 às 08:25
LFC fim 24/06 às 13:51
LFC início 26/06 às 09:29
LFC fim 26/06 às 14:47
LFC início 28/06 às 12:27
LFC fim 28/06 às 18:25
LFC início 30/06 às 19:00

Julho
LFC fim 01/07 às 01:20
LFC início 03/07 às 07:04 
LFC fim 03/07 às 11:12 
LFC início 05/07 às 16:18
LFC fim 05/07 às 23:08 
LFC início 08/07 às 06:43 
LFC fim 08/07 às 12:04 
LFC início 10/07 às 23:17
LFC fim 11/07 às 00:44 
LFC início 13/07 às 05:03 
LFC fim 13/07 às 11:40 
LFC início 15/07 às 12:07 
LFC fim 15/07 às 19:30
LFC início 17/07 às 17:49
LFC fim 17/07 às 23:42 
LFC início 19/07 às 19:13
LFC fim 20/07 às 00:52
LFC início 21/07 às 23:36
LFC fim 22/07 às 00:28
LFC início 23/07 às 17:29
LFC fim 24/07 às 00:24
LFC início 25/07 às 20:15
LFC fim 26/07 às 02:26 
LFC início 27/07 às 23:54
LFC fim 28/07 às 07:57 
LFC início 30/07 às 09:55
LFC fim 30/07 às 17:10



sábado, 31 de janeiro de 2009

LUA NOS SIGNOS - USE A LUA PARA SE DAR BEM

FEVEREIRO

Lua em Touro 01/02 20:09
Lua em Gêmeos 04/02 00:15
Lua em Câncer 06/02 02:06
Lua em Leão 08/02 02:44
Lua em Virgem 10/02 03:39
Lua em Libra 12/02 06:34
Lua em Escorpião 14/02 12:52
Lua em Sagitário 16/02 22:54
Lua em Capricórnio 19/02 11:26
Lua em Aquário 22/02 00:06
Lua em Peixes 24/02 10:00
Lua em Áries 26/02 18:24

MARÇO

Lua em Touro 01/03 00:34
Lua em Gêmeos 03/03 05:00
Lua em Câncer 05/03 08:08
Lua em Leão 07/03 10:26
Lua em Virgem 09/03 12:35
Lua em Libra 11/03 15:47
Lua em Escorpião 13/03 21:23
Lua em Sagitário 16/03 06:22
Lua em Capricórnio 18/03 18:19
Lua em Aquário 21/03 07:07
Lua em Peixes 23/03 18:08
Lua em Áries 26/03 02:03
Lua em Touro 28/03 07:10
Lua em Gêmeos 30/03 10:37

Horário de Verão 2009  

- 3 horas (Horário Normal)     - 2 horas (Horário de Verão)
O horário de verão  vai até dia 15 de fevereiro de 2009.

FEVEREIRO
LFC início 01/02 às 16:08
LFC fim 01/02 às 20:09
LFC início 03/02 às 23:27
LFC fim 04/02 às 00:15
LFC início 05/02 às 15:44
LFC fim 06/02 às 02:06
LFC início 07/02 às 17:08
LFC fim 08/02 às 02:44
LFC início 09/02 às 17:29
LFC fim 10/02 às 03:39
LFC início 12/02 às 02:18
LFC fim 12/02 às 06:34
LFC início 14/02 às 12:47
LFC fim 14/02 às 12:52
LFC início 16/02 às 19:38
LFC fim 16/02 às 22:54
LFC início 18/02 às 23:37
LFC fim 19/02 às 11:26
LFC início 23/02 às 23:08
LFC fim 24/02 às 10:00
LFC início 26/02 às 03:10
LFC fim 26/02 às 18:24
LFC início 28/02 às 14:52

MARÇO
LFC fim 01/03 às 00:34
LFC início 02/03 às 19:43
LFC fim 03/03 às 05:00
LFC início 04/03 às 23:11
LFC fim 05/03 às 08:08
LFC início 06/03 às 21:30
LFC fim 07/03 às 10:26
LFC início 09/03 às 04:57
LFC fim 09/03 às 12:35 
LFC início 11/03 às 02:49
LFC fim 11/03 às 15:47
LFC início 13/03 às 19:40
LFC fim 13/03 às 21:23
LFC início 15/03 às 21:43
LFC fim 16/03 às 06:22
LFC início 18/03 às 14:48
LFC fim 18/03 às 18:19
LFC início 20/03 às 17:06
LFC fim 21/03 às 07:07
LFC início 23/03 às 09:09
LFC fim 23/03 às 18:08
LFC início 25/03 às 13:54
LFC fim 26/03 às 02:04
LFC início 27/03 às 23:18
LFC fim 28/03 às 07:10
LFC início 30/03 às 03:02
LFC fim 30/03 às 10:37